"Aprender é descobrir aquilo que você já sabe. Fazer é demonstrar que você o sabe. Ensinar é lembrar aos outros que eles sabem tanto quanto você". (Richard Bach)

Quem sou eu

Minha foto
Florianópolis, Santa Catarina, Brazil
Sou Pedagoga-Educação Especial e especialista em Psicopedagogia e Atendimento Educacional Especializado. Atualmente sou professora efetiva da sala multimeios (SRM) da EBM Osmar Cunha e atuei anteriormente na EBM Pe. João Alfredo Rohr em 2008 e 2009, ambas em Floripa. Em Porto Alegre fui professora no Instituto de Formação e Pesquisa Montessori em 1992, realizando atendimento de crianças com necessidades especiais.Fui Coordenadora Pedagógica do CEI Olívia Palito e prestei Assessoria Pedagógica à Escolas de Ensino Fundamental. Em 1998 atuei na FUPASMI, realizando atendimento de crianças e adolescentes com Autismo e Esquizofrenia. Em 2000 em Florianópolis/SC,passei a trabalhar na APAE - junto às turmas de Educação Infantil, Adolescentes e Adultos e Autistas. Em 2002 fui professora na Escola Especial Vida e Movimento. Em 2005 e 2006, morando no interior do Rio Grande do Sul fui Coordenadora Pedagógica das Escolas Municipais Catarina De Bastiani e Dona Leopoldina e fiz parte da equipe de apoio da Prefeitura Municipal de Tapejara/RS realizando avaliação e atendimento psicopedagógico.

PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA EDUCAÇÃO ESPECIAL PSICOMOTRICIDADE

PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA    EDUCAÇÃO ESPECIAL    PSICOMOTRICIDADE

CONSULTORIA PEDAGÓGICA E PSICOPEDAGÓGICA

"O foco da psicopedagogia é o processo de aprendizagem humana; seus padrões normais e patológicos, considerando as influências do meio durante o seu desenvolvimento. A intervenção visa a otimização das potencialidades e minimização das dificuldades, buscando sempre os recursos das várias áreas do conhecimento para a compreensão do ato de aprender, valendo-se de métodos e técnicas próprias.”


Avaliação Pedagógica ou Psicopedagógica
Diagnóstico e Intervenção
Avaliação Psicomotora
Atendimento Educacional Especializado
Orientação à família e à escola
Elaboração de Projetos Pedagógicos Interdisciplinares
Artesanato-terapia
Jogos Pedagógicos e adaptados
Projeto Psicopedagogia e Psicoterapia na Escola

Consultoria - Palestras:
- Leitura: maneiras de ensinar, maneiras de aprender - uma possibilidade teórica que se efetiva na prática.
- Dislexia - um jeito de ser e de aprender diferente.
- TDA/H - O que é isso?
- Dificuldade, Distúrbio ou Transtorno de Aprendizagem?
- Conhecendo a Discalculia.
- O Jogo e a Brincadeira na Alfabetização.
- Educar para Pensar - um pouco de filosofia.
- Conhecendo o Autismo.

PSICOPEDAGOGIA E EDUCAÇÃO ESPECIAL

A psicopedagogia não vê a aprendizagem somente dentro do espaço da escola, pois entende que ela ocorre em todos os lugares e durante o tempo inteiro no decorrer da existência humana. Investiga as relações do indivíduo com o conhecimento, o vínculo deste com a aprendizagem e as significações contidas no ato de aprender. Articula saberes e fazeres dentro de um espaço lúdico atendendo o aprendente-ensinante em suas necessidades específicas, acreditando e desenvolvendo o potencial de cada um. O público-alvo não se restringe às crianças e aos adolescentes, pois hoje em dia muitos adultos vêm buscando tratamento para as suas dificuldades que muitas vezes se acentuam com a entrada na faculdade.
A clínica psicopedagógica se divide em 4 momentos:


1º - Entrevista (anamnese) – realizada com a família da criança ou com o próprio paciente se este for adulto.


2º - Avaliação (5/6 sessões) – momento de investigação da situação apresentada:
- Desenho Projetivo – Par Educativo
- Provas Operatórias – Piaget
- Caixa de Areia – Sessão Lúdica
- Ditado Balanceado
- Avaliação da Leitura e Escrita
- Avaliação Perceptivo-motora
- Hora do Jogo Psicopedagógica
- Consciência Fonológica
- Avaliação específica do transtorno (AHA–TDAHI adulto; Check List Dislexia adulto; elementos do PEP-R adaptado - Autismo).


3º - Devolutiva – retorno daquilo que foi avaliado e de forma se dará a intervenção.

4º - Intervenção - atendimento em sessões que variam em número de atendimentos semanais de acordo com a necessidade do sujeito.

Os pais são os maiores especialistas em seus filhos, portanto, se perceber que alguma coisa está errada, não demore em procurar ajuda de um especialista. O psicopedagogo é o profissional especialista em aprendizagem. Se a criança não está aprendendo procure ajuda deste profissional. Lembre-se que sozinho não chegamos a lugar algum. Busque apoio e esclareça suas dúvidas sempre que sentir necessidade.



Contato:

Rua João Carlos de Souza, 315 - Santa Mônica - Florianópolis - Santa Catarina


andreiapsicopedagoga@hotmail.com
F: (48) 9162-4810

Para outras localidades ou se você preferir - consultoria on-line. Agende também através do msn com horário previamente marcado após confirmação do pagamento. Entre em contato para maiores informações.


O LEGAL É SER DIFERENTE!

APRENDER! APRENDER? APRENDER. APRENDER...

VISITANTES ON LINE

ENCONTRE O QUE VOCÊ PROCURA!

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

PROJETO PEDAGÓGICO: ÔNIBUS MULTISENSORIAL DE CAIXAS DE LEITE


ESCOLA BÁSICA MUNICIPAL JOÃO ALFREDO ROHR

PROJETO: ÔNIBUS MULTISENSORIAL DE CAIXA DE LEITE
"Uma idéia pode transformar-se em pó ou magia, dependendo do talento que nela tocar" (Willian Bernbach).

OBJETIVO GERAL: Construir um ônibus utilizando caixas de leite, garrafas pet, sucata e brinquedos que contemplem a estimulação de todos órgãos dos sentidos através da brincadeira.

JUSTIFICATIVA: Sabe-se que através do lúdico podemos desenvolver as funções: socializadora – a brincadeira proporciona hábitos de convivência e troca através das relações; psicológica – através do brincar a criança aprende a controlar seus impulsos e externar suas emoções e pedagógica – brincar e jogar são fundamentais para o trabalho interdisciplinar, heterogêneo e de construção de conceitos, tornando o educando um agente ativo no seu processo de desenvolvimento e um sujeito crítico porque não aceita tudo o que lhe é imposto.

Busca-se com esta proposta de atividade da sala multimeios envolver toda a escola na construção de um ônibus multisensorial para proporcionar vivências da forma mais concreta possível do que é ser uma pessoa em situação de deficiência. A construção do ônibus utilizando sucata desenvolverá também a consciência ambiental na busca de um mundo melhor para se viver e utilizará o lema: “Um passo à frente pela paz ao meio ambiente”.

Para que esta proposta de trabalho tome forma é necessário o envolvimento de toda escola que vai desde o coletar a sucata, onde envolvemos professores, alunos e suas famílias e comunidade até a construção e utilização do ônibus.
A Escola no momento não possui um parquinho para as crianças brincarem, algumas se divertem jogando bola, pulando corda ou jogando pingue-pongue. A idéia de um ônibus com várias atividades disponíveis no seu interior vai além de estimular os sentidos, traz um certo mistério, instiga, provoca dúvidas e leva o indivíduo a se colocar no lugar do outro e a perceber o mundo de uma forma diferente. O custo deste projeto é mínimo, uma vez que praticamente todo material é reciclado. A reciclagem da caixa de leite ainda está bastante difícil de se efetivar uma vez que envolve a separação de todos elementos que compõe a caixa (plástico, papelão e alumínio). Transformar a sucata em brinquedo já é prática em todas as escolas e o professor deve cada vez mais usar sua criatividade para utilizar adequadamente este material que não tem nenhum custo e ainda por cima contribui para a preservação da natureza.
Salientamos alguns objetivos mais específicos que podem ser desenvolvidos pelas turmas junto de seus professores. Fica a critério do professor selecionar, acrescentar ou substituir estes objetivos de acordo com a proposta de trabalho com sua turma. Algumas atividades serão orientadas semanalmente pelas professoras da sala multimeios, Andréia Ferrão e Cristiana Erthal.

→ Este projeto foi apresentado na Reunião de Estudos realizada no dia 16 de abril de 2008. Desde esta data toda escola se envolveu na arrecadação das sucatas. O projeto já sofreu algumas mudanças - como a idéia inicial que era de um trem. Como o tamanho do trem seria muito grande e envolveria mais tempo, conversamos com os alunos e uma aluna da 3ª série sugeriu que fizéssemos um ônibus. Adoramos a idéia e o projeto se remodelou.
Até o momento três turmas estão envolvidas diretamente com a construção do ônibus (31; 32 e 41). Este envolvimento aconteceu de forma gradativa por meio da equipe pedagógica e interesse dos professores.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS (sugestões):

EDUCAÇÃO ARTÍSTICA
Construir uma maquete do ônibus utilizando caixinhas de água de coco, todinho, suco ou semelhante;
Colocar a maquete do ônibus no corredor para que todas as turmas possam visualizar a mesma;
Dramatizar situações matemáticas;
Desenhar o ônibus com sugestões de atividades para o seu interior;
Pintar sem usar as mãos (a tinta será assoprada com canudinho);
Confeccionar fantoches, fantasias, cenários,...
Construir o ônibus;...

MATEMÁTICA
Contar as caixas de leite e uni-las com fita adesiva;
Utilizar o projeto para a confecção das colunas;
Formar fileiras com 10 caixas;
Desenvolver as operações matemáticas de acordo com a série;
Desenvolver problemas comparando custo das diferentes marcas de leite;
Trabalhar com unidades de medida;
Criar situações matemáticas de acordo com as atividades desenvolvidas;
Registrar em gráficos qual o tipo ou marca de leite mais consumida;
Registrar no caderno ou em portfólio as atividades realizadas;...
Obs.: O acesso ao ônibus deve permitir a passagem de cadeira de rodas.

PORTUGUÊS
Realizar leitura dos rótulos das caixas de leite;
Comparar as marcas;
Construir textos individuais e coletivos com os temas: leite, sucata, reciclagem, meio ambiente, deficiência;
Registrar as atividades desenvolvidas;
Confeccionar jogo de memória com as palavras utilizadas;
Escutar histórias com os olhos vendados e desenhar o que imaginou;
Observar as gravuras de uma história sem poder ouvir;
Elaborar livros de história, poesias, contos, crônicas, lendas, parlendas para serem disponibilizadas no ponto de embarque do ônibus.

EDUCAÇÃO FÍSICA
Desenvolver as noções: dentro/fora; em cima/embaixo; direita/esquerda, etc. em relação ao ônibus;
Utilizar as caixas de leite como jogos de construção ou regras: blocos de caixas para empilhar; memória de marcas; dominó de marcas; boliche, entre outros;
Fazer combinações: só entra no ônibus quem faz uma cesta; um gol; constrói a torre mais alta; número par no dado etc.

CIÊNCIAS
Reciclar as caixas de leite;
Desenvolver noções de cuidado com o meio ambiente;
Separar corretamente o lixo utilizando as lixeiras adequadamente;
Higienizar as caixas;
Demonstrar os tipos de leite existentes;
Explorar os órgãos dos sentidos durante o “trajeto” do ônibus (a cada 15 dias as atividades dentro do ônibus serão trocadas – inicialmente pela sala multimeios e posteriormente a responsabilidade será da turma sorteada)

ESTUDOS SOCIAIS/ HISTÓRIA/ GEOGRAFIA
Verificar os municípios que possuem indústrias de laticínios;
Localizar os municípios nos mapas;
Comparar as regiões que possuem indústrias de laticínios com as que não possuem;
Simular locais por onde o ônibus vai passar.

HORA DO CONTO/ BIBLIOTECA
Dramatizar as histórias escolhidas pelas crianças dentro do ônibus ou no ponto;
Utilizar as janelas e brincar com fantoches;
Contar ou inventar uma história envolvendo o “passeio de ônibus”;
Confeccionar fantoches, fantasias, livros;
Restaurar livros dentro do ônibus ou no ponto de espera

INGLÊS/ LIBRAS/ BRAILLE
As informações por escrito devem contemplar a língua inglesa, LIBRAS e Braille;
Alguns livros devem contemplar a língua inglesa, o Braille e também LIBRAS.

INFORMÁTICA
Divulgar nos blogs e site da escola o desenvolvimento do trabalho;
Fotografar e filmar as etapas;
Produzir no movie maker o trabalho desenvolvido;
Produzir o “Passe Especial” – Ingresso ao ônibus;
Produzir o convite para o III Eco-Festival

Outras atividades podem surgir e algumas podem não ser realizadas. O planejamento serve como sugestão de desenvolvimento do projeto, mas este deve ser flexível e acontecer de acordo com o que a turma sugere e está disposta a realizar. A observação das crianças feita pelo educador pode ser considerada o grande impulso para o planejamento por projetos, pois privilegia o olhar da criança, o que ela pede ou questiona. O projeto traz uma idéia de perspectiva, de linhas gerais que podem, no processo, receber melhores contornos, maiores definições. Pode ser desenvolvido e adaptado para qualquer grupo de educandos, em qualquer série, sendo mantido somente seu objetivo geral – princípio norteador do trabalho.

RECURSOS MATERIAIS:

Cerca de 1200 caixas (180 para frente e fundos e 900 para as laterais e o suficiente para o teto);
Cerca de 584 garrafas pet transparentes para os pára-brisas e bancos internos;
Fita Transparente ou crepe – o suficiente para colar as caixas e levantar as paredes (as caixas são unidas uma a uma com fita adesiva; cada fileira é reforçada com mais uma volta de fita e cada bloco de 60 ou 80 caixas são unidos novamente com duas ou três voltas de fita; a fita transparente será usada para unir as garrafas senão perde o efeito de vidro);
Tecidos, vendas e texturas;
Lixa, cortiça, isopor, espuma;
1 Tubo de cola cascorez;
Sacos plásticos de lixo de 100 litros para forrar internamente o ônibus quando contemplar a deficiência visual;
Tampões de ouvido;
Objetos variados;
Objetos que produzam sons;
Livros em Braille e Língua Inglesa;
Obstáculos grandes;
Cadeira de rodas;...

DESENVOLVIMENTO: Se o projeto for aprovado pela equipe diretiva, pedagógica e professores será desenvolvido pela(s) turma(s) que se interessar(em). Cada professor tem autonomia para desenvolver com a sua turma o que achar mais interessante, porém a montagem final do ônibus e as atividades internas iniciais serão confeccionadas e elaboradas pelas professoras da sala multimeios para estimular a curiosidade dos alunos. Uma vez por semana as professoras da sala multimeios desenvolverão algumas atividades desencadeadoras, bem como algumas dinâmicas e construção do ônibus propriamente dita. A cada quinze dias as atividades serão trocadas, inicialmente pelas professoras da sala multimeios e posteriormente por meio de sorteio (uma turma pode preparar o ônibus para as outras). Os alunos entrarão ora vendados, ora com tampões de ouvido, ora com alguma impossibilidade motora para realizar as atividades propostas no interior do ônibus. Enquanto esperam para entrar no ônibus podem se distrair realizando leitura ou desenhando utilizando os materiais que estarão disponíveis no ponto de embarque. O ônibus será construído em blocos o que permite desmontá-lo com certa facilidade. Quando houver necessidade pode ser transportado facilmente para qualquer lugar. As atividades podem ser trocadas, substituídas gradativamente à medida que houver necessidade.
As alunas Bruna Nader Paes e Camila Pisani Suenaga, da 5ª e 6ª série respectivamente, serão monitoras do projeto e contribuirão com suas experiências para um melhor desenvolvimento das atividades.

AVALIAÇÃO: Cada turma fará avaliação do projeto de acordo com as atividades que foram desenvolvidas. É um projeto que não se esgota, visto que pode ser continuado ou remodelado no próximo ano. E esta é a verdadeira intenção dos projetos – que não se esgotem, que tenham continuidade. Um verdadeiro projeto envolve muito trabalho e para que se atinja os objetivos, a equipe deve se envolver como um todo. O trabalho em equipe é que contribui para o sucesso do projeto.


Andréia Santos da Costa Ferrão Cristiana Erthal
Professora da Sala Multimeios Professora da Sala Multimeios


www.salamultimeios.blogspot.com
http://www.aprenderemconstrucao.blogspot.com/

PROJETO: ÔNIBUS MULTISENSORIAL DE CAIXAS DE LEITE
1º DIA: 09/05/08 - RELATO DE TRABALHO


DINÂMICA DE GRUPO: JOGO DE MEMÓRIA COM AS CAIXAS DE LEITE – Serão distribuídas caixas de leite para os alunos, cada um ganhará uma caixa e deverá encontrar o colega que tem a caixa igual a sua. Cada dupla deve explorar as caixas, ler o rótulo, ler as informações e socializar com o grande grupo;

EXPLICAR O PROJETO: o projeto será desenvolvido pela turma da 3ª série, pelas monitoras Bruna da 5ª série e Camila da 6ª série, e orientado pelas professoras da sala multimeios Andréia e Cristiana, a professora de sala Valmira e a auxiliar Edileusa;


EXPLORAR O CONHECIMENTO DOS ALUNOS: o que os alunos sabem sobre o leite e sobre reciclagem. Registrar as falas em cartolina para confecção do portfólio;

LER A FÁBULA – “A MENINA DO LEITE” de Monteiro Lobato: explorar a fábula; conhecimento sobre o autor; estabelecer comparações entre os termos encontrados no texto e os termos atuais (lata de leite/caixa de leite; cruzeiro/real; desenvolver a moral da história e compará-la ao dia-a-dia dos alunos).

Andréia Santos da Costa Ferrão Cristiana Erthal
Professora da Sala Multimeios Professora da Sala Multimeios


DATA: 09/05/2008
TURMA: 3ª - 31
Professora: Valmira
Orientação: Professoras Andréia e Cristiana

RELATO COM A TURMA DA 3ª:

Após o Jogo de Memória e a exploração das caixas de leite segue relato das falas dos alunos: (registro no portfólio)

O que sabemos sobre o LEITE?
- O leite é branco
- O leite é amarelo e está azedo ou estragado
- O leite tem gordura, vitamina, proteína, cálcio, 0 de gordura trans, fibras, sódio, ferro, carboidrato.
- Criança menor de 1 ano deve tomar leite da mãe – não pode beber este leite.
- Tem site para saber mais sobre o leite, tem e-mail.
- Tem leite de caixa, longa vida, em pó.
- Tem leite Integral, Desnatado e Semidesnatado.
- Marcas: LIDER, TIROL, ELEGÊ, BOM GOSTO, PIÁ, MU - MU.
- Indústrias de leite:
Concórdia-SC
Treze Tilhas- SC
São Miguel do Oeste-SC
Presidente Prudente-SP
Tapejara-RS
FazendaVilanova-RS
Nova Petrópolis-RS
Teutônia-RS

Para realizar um Trabalho, o que é preciso?
- ALISSON: Precisa de um Projeto
- FERNANDO: Autorização do Prefeito
- FERNANDO: Site e e-mail
- Precisa de explicação
- Precisa de atenção
Para próxima aula:
O QUE SABEMOS SOBRE RECICLAGEM?
História: “A menina do leite”.

DATA: 16/05/2008
TURMA: 3ª- 31
Professora: Valmira
Orientação: Professora Cristiana

RELATO COM A TURMA DA 3ª:

* Objetivos da Aula Temática RECICLAGEM:

- desenvolver o raciocínio lógico;
- aprimorar os conhecimentos de mundo sobre a questão ambiental;
- estabelecer relações e diferenças entre os dois contextos apresentados (Projeto Trem Sensorial e a História “A menina do Leite”);
- oportunizar a exploração das caixas de leite individualmente;
- trabalhar os diferentes sentidos do corpo humano;
- promover a interação de todos participantes no Projeto;
- instigar a opinião dos alunos;
- oportunizar o espírito de aprendizagem coletiva e o respeito mútuo.

* Metodologia da Aula Temática RECICLAGEM - Parte 1 e Parte 2:

PARTE 1:
A professora e monitoras (Bruna e Camila) realizarão a exposição das respostas que os alunos trouxeram na primeira aula do projeto com o questionamento: O que sabemos sobre o LEITE?
Após a exposição destas respostas que os alunos criaram serão contextualizadas as temáticas do reaproveitamento da caixa de leite através da pergunta: O que sabemos sobre RECICLAGEM?
Por meio das informações trazidas pelos próprios alunos a professora estabelecerá a contextualização destas com a RECICLAGEM no Projeto.
Será aprofundada a palavra RECICLAGEM no Dicionário para maior esclarecimento científico desta temática.
PARTE 2:
A Fábula “A menina do Leite” será distribuída para cada aluno.
Logo após, será realizada a Leitura do texto pela aluna Bruna e depois pelos colegas.

Relato:
Momento 1: Realizamos a exposição das respostas trazidas pelos alunos na aula anterior sobre o significado da palavra “LEITE”, conforme registrado.
Momento 2: O que sabemos sobre RECICLAGEM?
Neste momento, procurou-se instigar os alunos para emitir os significados com relação à Reciclagem, ocorrendo grande expectativa e mobilização da turma na tarefa proposta.
As respostas dos alunos foram:


Reaproveitar
Planeta Limpo
Não jogar lixo no chão
Não poluir
Separar o lixo reciclado
Cuidar do Trem
Cuidar da Natureza


Dentro desse contexto, solicitou-se à Professora Valmira para realizar a leitura no Dicionário da palavra Reciclagem.
Logo após, a professora leu o significado do verbo RECICLAR.

OBJETIVO DO PROJETO:

Aproveitar as caixas de leite utilizadas para construir brinquedo para a escola.


A partir do significado acima, construiu-se coletivamente o OBJETIVO de nosso Projeto.
Os alunos conseguiram relacionar os termos presentes no dicionário, contextualizando com o Projeto do Trem.
Leitura do Texto: “A menina do Leite”, do autor Monteiro Lobato.
Inicialmente a monitora Bruna realizou a leitura do texto, enfocando o autor e o livro do qual foi extraído o texto, conforme bibliografia apresentada.
Após, o aluno Willian leu um trecho do texto.
Interpretação do texto:
Sobre o autor Monteiro Lobato, a monitora Camila trouxe que este autor é o mesmo do programa na TV Sítio do Pica-pau amarelo e os alunos nomearam os personagens dessa obra.
Os alunos realizaram a leitura da imagem apresentada no texto, identificando os personagens. Laurinha e suas vestimentas, no que Laurinha estava pensando, o que Laurinha carregava, etc.
Os alunos foram instigados a identificar o tempo em que a história se passava, os personagens, o contexto geográfico, a cronologia do texto, a narrativa.
Os alunos foram questionados:

Legenda:
Professora
COR VERDE
Alunos
COR LARANJA

Momento REFLEXÃO:

Prof: Por que Laurinha não conseguiu atingir seus objetivos?
Alunos: Porque ela não pensou no que ia fazer.
Prof: E para que nosso Projeto se realize, o que precisamos fazer?
Alunos: Precisamos de atenção, concentração, respeitar.
Prof: Vocês acham que Laurinha poluía o meio ambiente?
Alunos: Não, porque ela tirava o leite da vaca.
Prof: E nós, tiramos o leite da vaca?
Alunos: Não, nós tomamos da caixinha.
O que nós poderemos fazer para cuidar da natureza?
Alunos: Reciclar, fazer o Trem, não jogar lixo no chão,...
Um exemplo, Fernando, quantas caixinhas de leite sua família consome em um dia?
Ah, professora, eu acho que 2...
Muito bem, então pessoal, se a família do Fernando consome 2 caixinhas de leite por dia, em um mês, que tem 30 dias quantas caixinhas de leite a família do Fernando vai consumir?
Como é mesmo professora?
Então, seria 2 caixinhas X 30, é isso?
Isso!!!!
E quanto dá?
Hummm... 60!
Então, galerinha, a família do Fernando consumirá 60 caixinhas de leite em um mês, vocês sabem o que isso significa?
Que vai poluir, precisa reciclar...
Imaginem, se cada família jogar no lixo tudo isso...quanto lixão terá!!!
Coitado do planeta!

Confira também na galeria de imagens algumas fotos deste projeto! E não deixem de visitar o blog da Sala Multimeios: www.salamultimeios.blogspot.com

7 comentários:

Aparecida Ferreira disse...

Oi, Andréia!
Que projeto, heim!
PARABÉNS!!!!!
Que você tenha sucesso em tudo que realiza...
Abraços,
Aparecida

Karla Brasil disse...

olá gostei dos seus escritos do projeto parabéns! Viva os educadores na net aodrei seu blog pass no meu blog e pegue um selinho se quizer!

Aparecida Ferreira disse...

Tem um prêmio pra você lá no meu blog.
Seu blog é d+!!!
Aparecida

http://professoraaparecida.blogspot.com

Anônimo disse...

Andreia adorei seu projeto, ele é muito contextualizado, contemporâneo e organizado. Falta idéias criativas como essas nas escolas e professoras envolvidas como você nas causas ambientais. a Cura pelo meio ambiente é um objeto a todos e uma causa comum. Parabéns.

Adriana disse...

Na verdade tenho muito a dizer, porém as palavras fogem diante da emoção que sou tomada ao ler o trabalho desenvolvido por vocês.

Alegra-me e muito saber que existem pessoas interessadas no desenvolvimento da capacidade humana.

Parabéns por esse blog e MUITO obrigada por compartilhar essas informações. Acredito na educação enquanto multiplicação de ações.
Com muito carinho.

Adriana

TATIANA SAIOL disse...

OLHA AMEI ESTE TRABALHO!!!
ESTE É O MELHOR PROJETO QUE JÁ VI!
PARABÉNS!!!! TATIANA SAIOL

Unknown disse...

網頁設計 網路行銷 關鍵字廣告 關鍵字行銷 餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 關島婚禮 巴里島機票 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 產後護理之家 月子中心 坐月子中心 坐月子 月子餐 銀行貸款 信用貸款 個人信貸 房屋貸款 房屋轉增貸 房貸二胎 房屋二胎 銀行二胎 土地貸款 農地貸款 情趣用品 情趣用品 腳臭 長灘島 長灘島旅遊 ssd固態硬碟 外接式硬碟 記憶體 SD記憶卡 隨身碟 SD記憶卡 婚禮顧問 婚禮顧問 水晶 花蓮民宿 血糖機 血壓計 洗鼻器 熱敷墊 體脂計 化痰機 氧氣製造機 氣墊床 電動病床 ソリッドステートドライブ USB フラッシュドライブ SD シリーズ

O LIVRO QUE VOCÊ PROCURA ESTÁ AQUI!